PROUNI 2018: Faça sua Inscrição, Tire Duvidas

Muitas pessoas no nosso país não têm condições de pagar as altas mensalidades cobradas pelas Instituições de Ensino. Graças aos programas sociais como o PROUNI 2018, estudar pode ser possível. Quer saber como concorrer a uma bolsa de estudos do PROUNI 2018? Continue conosco.

ProUni 2018. Veja tudo aqui!
ProUni 2018. Veja tudo aqui!

PROUNI 2018: O Que é o PROUNI

PROUNI significa Programa Universidade Para Todos. Existente desde 2004, foi criado pelo Governo Federal em parceria com diversas Instituições de Ensino.

A missão e o objetivo desse programa é democratizar o acesso ao Ensino Superior a pessoas de baixa renda. As bolsas oferecidas podem ser integrais ou parciais, assim, os descontos variam de 50% a 100%.

Esse programa já ajudou milhares de brasileiros que tinham o sonho de estudar, mas que não tinham condições de pagar pelas mensalidades. A inclusão educacional que o PROUNI se propõe a fazer vem sendo cumprida com total maestria.

É importante deixar claro que todas essas bolsas oferecidas são destinadas apenas às pessoas que não tem condições financeiras de pagar por uma mensalidade.

É necessário cumprir diversos requisitos exigidos pelo Governo para ser contemplado por uma bolsa dessas, então, se você quiser concorrer, fique atento às informações abaixo.

PROUNI 2018: Quais São os Requisitos Exigidos Pelo Governo?

Como nós dissemos, o governo faz diversas exigências para que você possa participar e concorrer a uma das bolsas de estudos oferecidas. É preciso estar atento a todos eles para não se candidatar sem ter chances de ser aprovado.

Por enquanto, as exigências para 2018 ainda não foram divulgadas, temos apenas as de 2017 para você conhecer. De acordo com alguns especialistas, elas não mudarão muito de um ano para o outro. Veja a seguir:

  • O requisito principal é o candidato ter participado do ENEM no ano anterior e ter obtido pelo menos a nota mínima.
  • O candidato deverá possuir uma renda per capita familiar de apenas 1 salário mínimo e meio caso queira concorrer a uma bolsa de estudos integral.
  • Se quiser concorrer a uma bolsa de estudos parcial, a exigência é que a renda mensal per capita familiar seja de até 3 salários mínimos.
  • O candidato deverá ter estudado todo o Ensino Médio em escola pública. Caso tenha estudado em escola particular, poderá concorrer apenas se tiver sido bolsista.
  • Portadores de deficiência poderão concorrer.
  • Os professores de rede pública poderão se candidatar, mas apenas para cursos de licenciatura. Não é necessário comprovar renda nesses casos.

PROUNI 2018: O Que é Uma Nota de Corte?

Todo processo seletivo exige que os candidatos obtenham uma determinada nota nas suas avaliações para poderem continuar disputando as vagas oferecidas. Essas notas decisivas para a sua permanência em determinado processo de seleção são chamadas notas de corte.

Essa nota de corte é uma pontuação mínima para que você continue na disputa e ainda não foi divulgada para o ano de 2018.

PROUNI 2018: Como Fazer a Sua Inscrição

As inscrições para o PROUNI 2018 são feitas exclusivamente pela internet através do site oficial. Clique aqui para acessar.

inscrições ProUni 2018

As inscrições ainda não estão abertas para o ano de 2018, portanto, é preciso aguardar.

Lembre-se que você deverá ter em mãos os números dos seus documentos (RG e CPF) e a inscrição do ENEM do ano anterior.

Imposto de Renda – Prazo Termina em Abril

Os primeiros meses do ano é um período em que muita gente recorre aos contadores, devido às dúvidas sobre Imposto de Renda 2018. Declarar, ajustar e agendar pagamentos podem não ser tarefas muito simples, e é preciso executá-las com cuidado para não sair no prejuízo e acabar pagando taxas a mais. Um passo importante antes de iniciar o processo é consultar a tabela do imposto de renda, já que nem todos os cidadãos com renda são obrigatoriamente contribuintes. A cobrança só é feita a pessoas que possuem uma renda anual de R$ 18.799,32 ou mais, ou seja, R$ 1.566,61 mensais ou mais. A partir desse valor, a alíquota (percentual tributário sobre a renda) aumenta de acordo com esses dados:

Imposto de Renda 2018
Imposto de Renda 2018

– Até R$ 18.799,32 – alíquota zero – nada é deduzido da renda.

– De R$ 18.799,33 a R$ 28.174,20 – alíquota de 7,5% – R$ 1.409,95 são deduzidos da renda.

– De R$ 28.174,21 a R$ 37.566,12 – alíquota de 15% – R$ 3.523,01 são deduzidos da renda.

– De R$ 37.566,13 a R$ 46.939,56 – alíquota de 22,5% – R$ 6.340,47 são deduzidos da renda.

– Acima de R$ 46.939,56 – alíquota de 27,5% – R$ 8.687,45 são deduzidos da renda.

Esse ano, o prazo para declaração do imposto de renda vai de 30 de março a 30 de abril. Caso o contribuinte opte pelo pagamento parcelado, a primeira parcela deve ser paga no dia 30 de abril. Portanto, a melhor opção, mesmo para aqueles que já contribuíram anteriormente e vão apenas fazer ajustes em sua declaração, é providenciar o quanto antes o envio de seus documentos à Receita Federal. Os contribuintes que não declararem o imposto no prazo estabelecido estarão sujeitos à multa mínima de R$ 165,74, acumulando em 1% a cada mês, podendo chegar ao valor máximo de 20% do imposto devido.

Descubra Como Passar em Concursos

No processo seletivo do Educa+ Brasil o candidato concorre a um cargo efetivo dentro de uma entidade governamental, isso quer dizer que você será considerado um funcionário público ou servidor público. E vale lembrar que a garantia de permanência no serviço público é após o decurso de três anos no efetivo cargo. Para ser mais claro, todo concursado ficará três anos como estagiário e de tempo em tempo será avaliado seu desempenho. Se enquanto estiver em estágio, o servidor não conseguir pontuação para continuar no cargo, o mesmo será exonerado. Claro que em alguns casos o servidor pode entrar com recursos com defesa junto ao advogado, mas trouxemos o lembrete, apenas para acabar com a ideia que muitos têm de que o servidor pode fazer o que quiser quando passar em um concurso.

Além de apresentar carreiras promissoras, concursos não exigem experiências, podendo qualquer um concorrer com as vagas em aberto. Existem aqueles que são chamados de concurseiros, pois estudam em tempo parcial ou integral.

Existem setas da concorrência por todos os lados, mas fique tranquilo que aqui no Educação no Brasil queremos lhe passar as melhores dicas para derrubar seus medos e temores. Agora, “borá” estudar.

Segundo a Constituição Brasileira educação é um direito para todos, dever do Estado e família. E mesmo com a queda do analfabetismo no país, a falta de educação no Brasil ainda é alta, afetando as regiões de menos aquisição financeira. A alfabetização faz parte da educação e preparação do indivíduo, mas não pode ser vista apenas como uma etapa para ensinar o cidadão a ler e escrever.

Dúvidas mais frequentes sobre o Fies

financiamento estudantil

Existe um grande programa do Governo Federal chamado de Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies), o qual oferece para milhares de estudantes de todo o Brasil a oportunidade de estudar com uma bolsa de estudo paga pelo Governo, fazendo com que o sonho de cursar o ensino superior seja realizado por milhares de pessoas que não teriam essa oportunidade.

 

Por conta disso, existe uma tendência natural das pessoas com menor condição social, procurarem o programa, para terem uma chance de terem uma vida melhor, com a formação do curso superior. Nesse caso, existem algumas dúvidas sobre o programa, que as pessoas costumam ter antes de se inscreverem e que serão explicadas, para quem deseja entender mais sobre esse tema.

O que é o Fies

O Fies é um programa federal, criado ainda na época do presidente Lula, o qual fornece por meio do Ministério da Educação, Bolsa para o ensino superior, para alunos de baixa renda que demostrarem um bom conhecimento, obtendo boas notas no Enem.

Esse programa tem auxiliado a milhares de pessoas, as quais, não teriam condições financeiras de cursar uma faculdade, fazendo com que elas tenham a oportunidade de obter uma formação educacional mais completa.

Quem pode se candidatar para o Fies

Para controlar o número de candidaturas nesse programa, o Governo Federal instituiu as novas regras do FIES que deverão ser cumpridas. Assim, somente pode concorrer a uma bolsa os candidatos que:

  • Façam parte de uma família com renda bruta mensal de no máximo três salários mínimos.
  • Tenham feito todo o ensino médio em uma escol a pública
  • Ter participado do Enem e obtido uma média maior do que 450 pontos e não ter zerado na redação.
  • Demostrar interesse pelo programa e enviar toda a documentação solicitada até a data limite.

Como se inscrever no Fies

Para quem deseja concorrer a uma das mais de 100 mil bolsas que o Governo Federal está disponibilizando no Fies 2017, é necessário cumprir os seguintes passos. Primeiro, se deverá acessar o site http://sisfiesportal.mec.gov.br/?pagina=faq, depois preencher todas as informações solicitadas, como por exemplo, o seu endereço, o nome completo, a escola que estudou e a renda familiar.

Um terceiro passo é enviar a documentação da sua família para o Governo, comprovando a renda informada e tendo assim acesso a esse benefício.

Por fim, caso seja selecionado, deverá confirmar a sua inscrição no Fies e pedir um financiamento, junto ao banco conveniado ao programa.

Como é o processo de seleção do Fies

Para selecionar os alunos que farão parte dessa bolsa, o Governo leva em consideração alguns critérios, como por exemplo, a nota que o estudante obteve no Enem e também a condição social de cada candidato.

Assim, quanto menor for à renda de alguém, mais chance de ser selecionado para o Fies essa pessoa terá, conseguindo assim a chance de ter esse financiamento na faculdade e concluir um curso do ensino superior, um sonho para milhões de brasileiros.

Temer confirma reajuste no Salário Mínimo 2018

Enfim uma notícia boa aos brasileiros, na última segunda-feira, 23, a presidenta da República Michel Temer confirmou o reajuste no Salário Mínimo 2018, com um percentual de aumento de 6,78% do ano anterior, fazendo com que o valor chegue a R$ 1000.00. O mesmo já foi aprovado por decreto e deve ser lançado a partir do dia primeiro de janeiro de 2018. Temer divulgou em primeira mão para seus seguidores do Twitter essa informação.

O presidente Temer confirmou na última segunda-feira, 23, o aumento do salário mínimo.

Maior salário mínimo do mundo
Maior salário mínimo do mundo

Divulgado pelo twitter com a seguinte mensagem ”Assinei decreto que reajusta o Salário Mínimo 2018 para R$ 1000,00 a partir de janeiro de 2018 – reajuste de 6,78% sobre o valor atual”, a presidente da república prometeu e cumpriu sobre o aumento do salário mínimo em 2018. Apesar do aumento ser mais baixo do que o esperado, diversos brasileiros que ganham apenas um salário mínimo ficaram felizes com essa confirmação.

Segundo a estimativa da Fecomercio SP (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo) esse valor representará uma injeção de 46 milhões na economia brasileira, ou seja, o consumo conforme o reajuste no Salário Mínimo 2018 deve aumentar e as empresas devem lucrar mais no próximo ano.

O aumento no salário mínimo deve injetar mais de 46 milhões na economia brasileira.

O cálculo do novo salário mínimo 2018, vem da variação do PIB (Produto Interno Bruto) atrelado a inflação do ano anterior, que é mensurada pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor). Previsto inicialmente para ser R$ 978,00 em proposta enviada pelo governo federal ao congresso, teve um baixo aumentado impactado pelo congresso brasileiro. Isso porque o Governo utiliza esse índice para dar reajustes a benefícios como o Seguro Desemprego 2018 e aposentadoria por idade.

Quando o governo federal enviou ao Congresso, em agosto, a proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o Congresso, o salário mínimo havia sido previsto em R$ 978,00 valor modificado no Legislativo. Na época, a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, havia estimado um impacto nas contas públicas de R$ 29,2 bilhões com o reajuste.

Com esse aumento do salário mínimo, milhões de brasileiros serão beneficiados e poderão melhorar sua qualidade de vida, mesmo que de forma baixa devido aos salários comparados aos países de primeiro mundo. No decorrer dos anos, estima-se que o salário brasileiro aumente ainda mais, sendo que segundo pesquisas realizadas, o salário mínimo brasileiro, deveria ser na faixa acima dos dois mil reais.

O reajuste no Salário Mínimo 2018 começa a valer já para o começo do ano e estima-se que ao fim do ano, outro salário possa ser mantido, mas pode variar devido a eleição que acontecerá no país, por isso, é preciso aguardar para ter informações concretas antes de qualquer situação. Caso tenha alguma dúvida, deixe seu comentário que teremos prazer em lhe auxiliar.

Cresce número de municípios que dependem do Bolsa Família

Com a crise econômica que vive o Brasil atualmente, existe uma grande demanda por benefícios que o Governo Federal oferece, como por exemplo, o mais comum deles sendo o Bolsa Família, já que esse tipo de ajuda é bastante demandado dentro dos municípios brasileiros.

Existe também uma maior demanda inclusive por essa ajuda nos municípios do Sudeste, o que não era comum até algum tempo atrás. Por conta disso, o Governo Federal está tendo que readequar uma série de estruturas internas para dar conta de todo os novos pedidos feitos, dentro desse contexto difícil que o Brasil está atualmente.

Aumenta a dependência do Bolsa Família em todo o Brasil
Aumenta a dependência do Bolsa Família em todo o Brasil

Por conta disso, o número de municípios que dependem da tabela do Bolsa Família 2018 aumentou consideravelmente em todas as regiões do país.

Dimensão dessa dependência

Para se ter uma ideia do tamanho dessa dependência que os municípios possuem junto ao Governo Federal e também dos programas que ele cria para auxiliar a população mais carente é que desde de 2008 os valores do programa social em relação aos recursos do Fundo de Participação dos Municípios subiram de 25% para 40%, isso representa um grande gasto para o Governo Federal.

Essa grande distribuição dos recursos federais para milhares de cidades, não é boa para o estado e nem para os municípios, já que existe esse gasto dentro de estabelecimentos informais, por isso, o município não recebe os impostos devidos.

Além disso, o estado possui um gasto muito maior do que deveria ter para esse tipo de situação, fazendo com que a renda para aplicação em outros setores, como segurança, educação e saúde diminua e consequentemente, a qualidade desses setores também caia.

Por conta disso, que o Governo quer aumentar um pouco o limite necessário para que as pessoas recebam desse benefício, mas ainda não se chegou a uma conclusão sobre o valor mínimo do bolsa família a ser recebido para que se possa usufruir dessas vantagens.

Características desses municípios

Um aspecto bastante interessante de se perceber quanto ao aumento da demanda do Bolsa Família 2018 em alguns locais do Brasil, é que esses municípios não possuem creches em suas estruturas oferecidas para as mães.

Com isso, não existe a possibilidade dessas crianças terem uma alimentação adequada e também de ter um local onde ficar, quando as mães necessitam trabalhar e realizar uma série de ações.

Por isso, que essa demanda se verifica como maior, já que essas mães, não tendo como comprar alimentos para os seus filhos, acabam solicitando a ajuda do estado para conseguir alimentar esses filhos, fazendo com que a demanda aumente naturalmente.

Além disso, existe uma outra característica a ser observada, que esses municípios que tiveram um aumento da sua necessidade do Bolsa Família, possui um déficit grade quanto a vagas em escolas, fazendo com que além das mães não terem uma creche para deixarem os filhos menores, não conterem também com uma alimentação adequada das escolas para filhos que sejam maiores.

Prazos para quitar ou parcelar o IPVA 2018

Para quem possui um veículo dentro do estado de São Paulo, seja ele um carro, uma moto, um caminhão ou qualquer outro tipo, é necessário realizar o pagamento do seu Imposto sobre Propriedade de veículo automotor, mais conhecido pela sigla IPVA 2018 SP.

Todo o dinheiro arrecadado em cima do IPVA São Paulo 2018 é usado para reformar rodovias, fazer melhorias em pistas e estradas, melhorar a sinalização, entre outros aspectos do transito de São Paulo, os quais, são importantes para uma melhoria da circulação de veículos.

Prazo para parcelar o IPVA
Prazo para parcelar o IPVA

Esse tributo é obrigatório de ser quitado, correndo o risco para quem não fizer esse tipo de pagamento, de ter o carro apreendido em uma blitz ou qualquer outra situação rotineira que se tenha uma verificação mais completa do veículo.

Por isso, é necessário se planejar para que esse pagamento seja feito o mais cedo possível, de preferência de forma a vista, já que ele garante com que você tenha um desconto, evite a multa por atraso e ainda possa andar livremente por todo o Estado, sem se preocupar com o pagamento desse tributo.

Esse pagamento do IPVA 2018 Rio de Janeiro parcelado pode ser feito das mais diversas maneiras e em datas distintas. Ele, por exemplo, pode ser pago em 12 parcelas, vencendo todo mês, de acordo com o número final da placa do seu veículo, ou ainda, para quem quiser quitar o imposto desse modo, podendo diminuir o número de parcelas e aumentar o valor de casa uma delas, a depender do seu interesse e da sua situação.

Para saber qual dia você deve pegar a sua tarifa do IPVA, o melhor a ser fazer é sempre se manter informado junto ao Governo do Estado, que irá informar exatamente quando vai ser necessário pagar esse imposto.

Além disso, também é possível entrar diretamente no site do IPVA 2018 de São Paulo, por meio do link do portal Detran SP, digital o Renavam do seu veículo e depois conferir quando esses pagamentos devem ser feitos para você não ter que arcar com multas.

Quando pagar o IPVA 2018 MG

Para se ter esse pagamento feito da forma correta, o melhor a se fazer é antecipar e pagar tudo em uma parcela somente, já que além do desconto, você garante com que o seu veículo estará livre de qualquer tipo de apreensão ou ação da polícia.

Por conta disso, para pagar o IPVA 2018 Minas em uma mesma parcela, se tem até o começo de março para executar esse pagamento com cota única. Após esse prazo, todos os pagamentos devem ser feitos de forma parcelada, fazendo com que essa parcela tenha um custo maior.

Como o pagamento do IPVA 2018 SP é feito de forma escalonada, ou seja, conforme o número final do veículo que cada pessoa tenha, se terá uma data de pagamento diferente. Além disso, existe também a possibilidade de fazer um parcelamento por meio de vários meses, fazendo com que o IPVA tenha que ser parcelado.

Como estudar para o ENEM

Uma das provas mais importantes exames do universo de vestibular é o Exame Nacional do Ensino Médio, mais conhecido como Enem. Nessa prova, é testado além do conhecimento dos candidatos, também a resistência física, já que esse exame é bastante demorado e exige um grande esforço físico dos alunos que a realizam.

Por isso, um estudo visando o Enem não deve ser pensando apenas no aspecto do conteúdo, que é importante, mas também na capacidade de manter a concentração e o foco por longos períodos de tempo, de até cinco horas.

Dessa forma, esse treino para o Enem deve ser realizado de maneira bastante específica para esse exame, fazendo com que você consiga ler longas questões por diversas horas seguidas, fazendo com que você esteja preparado para realizar uma boa prova.

Fazer uma redação por semana

Uma primeira forma de estudar para o Enem 2018 é realizando uma redação por semana, já que dessa forma, você se prepara para quando for realizar essa parte da prova. Para esses treinos, é importante não apenas fazer essas redações, como cronometrar o tempo que você leva para realiza-las.

Pois, no dia da prova do Enem, cada minuto que você economiza na confecção da redação, você ganha para realizar o resto das questões, tirando uma melhor nota na prova e também garantindo assim uma maior chance de garantir uma vaga em uma faculdade pública.

Separar os dias de estudo por aéreas específicas

Uma segunda dica de estudo para o Enem 2018 é separar os dias de estudo por aéreas, já que dessa forma você garante um melhor rendimento ao estudar. Por isso, na segunda, por exemplo, estude matemática e física, na terça, somente português, já incluindo nesse tempo a prática de redação.

Na quarta, biologia e mais um tempo que pode ser separado para o inglês, na quinta, história e geografia e na sexta, pode escolher as matérias que você tem mais dificuldade para garantir um tempo extra de estudo. Dessa forma, você se prepara melhor para o Enem e tem a chance de garantir uma boa nota nessa prova, ficando assim mais perto da sua sonhada vaga em uma faculdade pública.

Ler bastante notícias

Umas das partes mais importantes do Enem, além da questão das perguntas das matérias tradicionais, é a questão de atualidade, por ser bastante interdisciplinar, o Enem exige que o candidato tenha conhecimento daquilo que está se passando em todo o mundo.

Por conta disso, a leitura do jornal todos os dias é de fundamental importância para o aluno garantir uma melhor performance na redação do ENEM 2018. Já que além de garantir uma melhora na redação, por ter um vocabulário mais amplo, você ainda garante um conhecimento maior ao longo das questões.

Uma boa dica também é ler notícias internacionais, isso vai te ajudar a responder questões de geografia e também de história, tendo assim uma maior nota nessa parte da prova e uma chance maior de conseguir uma vaga na faculdade.

Próximo lote do Abono Salarial PIS

Foi anunciado recentemente que próximo lote de pagamento do PIS vai ser divulgado a partir de 16 de fevereiro de 2018, milhares de trabalhadores brasileiros já receberam o abono salarial PIS, referente ao ano vigente 2017. O próximo grupo que vai receber o abono salarial destinado ao ano de 2018 já receberão o valor atualizado de R$ 937 reais.

Valor do abono Salarial PIS
Valor do abono Salarial PIS

Requisitos para ser legível ao PIS

  • Receber até dois salários mínimos mensais;
  • Ter trabalhado pelo menos 30 dias carteira assinada ano anterior ao vigente;
  • Ter cadastrado atualizado no RAIS – Relação Anual de Informações Sociais;
  • Ter cadastro no programa pelo menos cinco anos, sendo assim esse tempo vale também para registro em carteira;
  • Trabalhador de empresa privada.

Valor do PIS

Recebe valor integral do benefício o trabalhador que cumprir os 12 meses anuais, sendo assim recebe o benefício inteiro. O pagamento do benefício deverá ser realizado sempre através da tabela do PIS. Caso o trabalhador tenha trabalhador 5 meses no ano anterior ao vigente do recebimento do PIS, o mesmo recebera 5/12 do salário mínimo nacional, sendo assim o pagamento do PIS agora é feito proporcional, o cálculo do benefício é semelhante o cálculo do 13ª salário.

Agora ser você trabalhou 15 dias em uma empresa e foi dispensado (a) e depois disso não realizou atividade funcional em empresa nenhuma, ou seja, ficou desempregado e só arranjou emprego no ano seguinte, você recebe 1/12 do salário mínimo, pois os 15 dias vão ser considerados como se fosse um mês de trabalho.

Recomenda-se que as pessoas não deixem para sacar o seu benefício de última hora, isto porque o Calendário PIS é uma tabela social não cumulativa, ou seja, ser você perder o valor de saque, a verba retorna para a FAT – Fundo de Amparo ao trabalhador é o comtemplado (a) perde o recurso.

Trabalhadores vinculados ao PIS recebem o seu benefício em qualquer agencia da Caixa Econômica Federal ou em qualquer casa lotérica com o cartão cidadão em mãos e o documento original de identificação com foto.

Caso você não tenha o cartão cidadão o pagamento do benefício só poderá ser sacado em qualquer agencia da Caixa Econômica Federal junto a sua carteira de trabalho e o documento original com foto.

O Que é o PIS?

O PIS é um benefício social destinado ao trabalhador da classe privada que visa ampliar a integração social, é um dinheiro a mais no orçamento do cidadão brasileiro assalariado que estar dentro dos requisitos de recebimento do programa, a cada ano o trabalhador deve estar comtemplado os requisitos de recebimento, sendo assim podem receber o benefício anualmente.

Aonde sacar o PIS?

O abono salarial assim como diversos outros benefícios sociais é administrado e organizado pela a Caixa Econômica Federal, banco responsável em fazer esse repasse aos trabalhadores brasileiros comtemplados, sendo assim o saque do benefício só pode ser realizado através deste pago ou em qualquer rende conveniada da Caixa Econômica Federal que é o caso das Casas Lotéricas.

Recebi o benefício no ano de passado este ano não recebi o que pode ter ocorrido?

Ser por algum motivo você não recebeu o benefício deve procurar a Caixa e a sua empresa para levantar o questionamento, ser você estiver é claro dentro dos requisitos de recebimento do programa, através desses dois meios, tanto a empresa quanto a Caixa ira rastrear o que de fato ocorreu.