Lista de Espera de Matrícula Ensino Superior

A gente aqui do Blog adora dar todas as informações mastigadinhas pra você. O Sisu 2019 tem um calendário ainda longo para segunda chamada com a lista divulgada no dia 26 de Janeiro e se você não tinha visto ainda pode acessar! A matrícula destes selecionados vai de 01 a 05 de Fevereiro diretamente na instituição.

Depois disso, ainda teremos pelo Sisu 2019 a inscrição para a Lista de Espera, que segundo o próprio  do Sisu diz que: “O candidato deverá acessar o sistema durante o período especificado no cronograma e, em seu boletim do candidato, clicar no botão que correspondente à confirmação de interesse em participar da Lista de Espera do Sisu 2019. E mais: alerta para que o aluno certifique-se de que sua manifestação foi realizada. Ao finalizar a manifestação o sistema emitirá uma mensagem de confirmação. Então, faça com calma. A inscrição na lista de espera é de 26 de Janeiro até 08 de Fevereiro no site. A matrícula para os classificados na lista de espera é dia 18 de Fevereiro.

E junto com o Sisu 2019, temos em paralelo o Prouni 2019 para o primeiro semestre.

Veja as datas para o Prouni 2019:

  • 24 de Janeiro foi a lista da primeira chamada lá no .
  • 24 até 31 de Janeiro é o prazo para entrega dos documentos na instituição de ensino;
  • 08 de Fevereiro já é a segunda chamada ( veja que é o último dia da lista de espera do Sisu 2019).
  • 08 até 19 de Fevereiro entrega dos documentos do pessoal que entrou na lista da segunda chamada.
  • 24 e 25 de Fevereiro é a inscrição para lista de espera do Prouni
  • 28 até 05 de Fevereiro é o resultado da lista de espera do Prouni.
  • 08 de Março saem os nomes dos classificados para segunda chamada da lista de espera do Prouni.
  • 08 a 13 de Março a galera que entrou na segunda chamada da lista de espera deve comprovar os dados.

Como você viu, o Sisu 2019 e o Prouni vão andando juntos nas datas, então fica bem esperto para não confundir tudo e perder sua chance.

Como você sabe, a Rede Enem tem uma fan page no Facebook e a gente fez uma brincadeira e pediu pro pessoal dizer quem já tinha conseguido bolsa no Sisu 2019 e Prouni pra estimular quem tá ainda na pressão de conseguir uma vaga nos próximos dias. Dá uma olhada agora na galera que segue nossa fan page no Facebook “Rede Enem” :

Como Declarar Carência durante a Inscrição para o ENEM

Para participar do Enem o interessado tem que fazer o cadastro no programa, esse cadastro tem um custo, que é a taxa de inscrição, assim como a maioria dos concursos possuem, porém, algumas pessoas também são isentas, e se você pretende fazer esse ano, e caso você não tenha condições de pagar essa taxa sabe como funciona e como Declarar Carência Enem. Algumas pessoas não sabem como funciona essa declaração, mas hoje iremos conferir mais informações sobre.

Isenção ENEM 2019
Descubra como declarar carência na prova do ENEM

 

Declarar Carência Enem

Saiba como Declarar Carência Enem 2019, que por sinal não é assim tão difícil quanto a maioria das pessoas acham, mas ocorre que o programa estabelece datas para que isso ocorra, então se você fizer fora da data você perde o direito, então não é bom deixar passar, para isso mantenha-se informado sobre essas datas o quanto antes.

Já pegou o seu Cartão de Confirmação do ENEM 2019? Veja como aqui!

É importante ressaltar que os alunos de escola pública automaticamente são isentos da taxa Enem 2019, porque eles não cobram taxa de quem estuda nessa rede. Mas para saber como Declarar Carência Enem 2019 saiba que isso é feito durante a inscrição, onde você tem a opção de “declarar carência”, depois vai ter a opção “Li e concordo com a Declaração”, é algo simples e rápido, mas é necessário entender que esse passo a passo que ensinar nas linhas anteriores se diz respeito ao pedido.

Como Declarar Carência Enem

O pedido carência Enem 2019 é analisado, a administração do programa analisa o pedido de cada aluno, uns são aprovados e outros são rejeitados, por isso que é importante ter cuidado, mesmo porque a taxa de inscrição do Enem 2019 é no valor de apenas R$ 35,00, mas acontece que tem sempre aquelas pessoas que possuem condições para pagar, mas mesmo assim eles pedem a isenção. E é por isso que o programa analisa e fica sempre de olho nesses pedidos, porque nem todos merecem ser aprovados.

Declaração Carência Enem: Como Fazer

Caso você tiver alguma dúvida entre em contato com o Enem, pelo telefone: 0800 61 61 61. Eles tiram qualquer dúvida, mas a declaração tem que ser feita durante a sua inscrição, vai ter toda uma área para isso e você não pode deixar para depois, porque senão você perde a oportunidade de declarar. Veja também no site do Enem a data para Declarar Carência Enem 2019, porque passando dessa data você também perto esse direito: http://enem.inep.gov.br/index.html

Nesses programas possuem cronogramas a serem seguidos, por isso que os interessados devem se informar sobre cada um deles, porque se não a gente acaba perdendo as oportunidades. No site do Enem 2019 tem todas as informações necessárias para você, e é por meio desse site que você efetua a sua inscrição também, onde tem lá a opção para declaração carência do Enem 2019, onde você não precisa pagar a taxa no valor de R$ 35 caso o seu pedido for aprovado, caso ele não for aprovado aí sim você tem que efetuar o pagamento porque se não a sua inscrição não é confirmada.

Como Fazer inscrição no Sistema de Seleção Unificada

O SiSU é mais uma ferramenta que foi elaborada pelo governo no intuito de oferecer mais uma oportunidade para todos os jovens de baixa renda para entrar em uma faculdade estadual, federal ou até mesmo em centros de formação técnica no Brasil.

Neste artigo vamos explicar para você como fazer inscrição SiSU 2019. Primeiro, você deve saber exatamente as datas para a inscrição para o SiSU. As inscrições estão abertas no momento, e vão até o domingo do dia 19 do próximo mês. A inscrição deve ser efetuada somente pela internet.

Como participar do SISU
Como participar do SISU

Serão oferecidas no total mais de 6 mil vagas em 19 universidades federais, 23 institutos federais, também serão oferecidas vagas em 2 centros federais de educação tecnológica e também em 4 universidades estaduais.

Você deve estar ciente que a concorrência para o SiSU é enorme. Na última triagem foram mais de 1 milhão de inscritos para pouco mais de 83 mil vagas. Agora vem a grande notícia: Para participar do SiSU 2019, você obrigatoriamente precisa ter realizado a prova do ENEM 2010 e ter tirado alguma nota na redação.

Serão no total duas chamadas. A primeira acontece no dia 22 de junho e a última no dia 2 de julho. Quem for selecionada para a primeira chamada tem até o dia 29 para efetivar a matrícula.

Fique atento ao Cronograma Sisu 2019 para não perder as datas de inscrição e matrícula do programa.

Se você for chamado na segunda chamada, você pode fazer a inscrição até o dia 6. Fique desde já com seus documentos todos preparados para não ser pego de surpresa. Para fazer a inscrição, você vai precisar acessar o site do SiSU. O link está logo abaixo. http://www.sisu.mec.gov.br/

Se você gostou do post, compartilhe com seus amigos nas redes sociais!

Bolsa de estudo

Muitas pessoas não têm condições de pagar os seus estudos, e por isso foi criado o Educa Mais Brasil, programa esse que irá fornecer bolsas de estudo de até 70%. Essas bolsas são destinadas a diferentes cursos, desde o ensino básico até a pós-graduação.

Para fazer parte do programa basta acessar o site do mesmo, escolher o curso que deseja e seguir o passo a passo necessário. Se você for aprovado, o programa irá entrar em contato com você.

Depois que você for aprovado, em algum momento precisará do Boleto Educa Mais Brasil, e caso você o perder tem algumas maneiras para tirar a 2 via, é muito simples:

Você deve acessar o site do programa, entrar com seu login e senha, e no Portal do Aluno será disponibilizada a segunda via do boleto.

Como Entrar no Educa +

O critério de avaliação para ser aprovado no programa é a condição financeira do estudante, a comissão de avaliadores do programa faz a avaliação através da ficha socioeconômica informada no momento do cadastro.

Se o aluno trancar o curso, perderá o benefício do programa, e se quiser renovar o cadastro deverá entrar em contato com o programa.

Não perca essa oportunidade incrível de bolsa de estudos com o programa Educa Mais Brasil, inscreva-se!!!

 

Vestibular Universidade de Londrina

Vai até dia 5 de outubro de 2018, às 20h, o prazo para as inscrições para o vestibular 2019 da Universidade Estadual de Londrina (UEL). São 1.650 vagas, nos campi das seguintes cidades: Florianópolis, Joinville, São Bento do Sul, Lages, Chapecó, Palmitos, Pinhalzinho, Ibirama, Camboriú e Laguna. Dessas vagas, 20% são para alunos que tenham cursado o ensino fundamental e médio em escola pública, outros 10% são reservados para candidatos negros.

A primeira fase consistirá de 60 questões objetivas das seguintes matérias: matemática, biologia, língua estrangeira e língua portuguesa. A segunda fase é composta de uma redação e 60 perguntas objetivas de física, química, geografia e história. Ambas as fases serão realizadas dia 11 de novembro, das 9h às 13h e das 14h às 19h30.

Vale lembrar que para o ingresso nos cursos de artes visuais, música e teatro, os candidatos que forem classificados nas provas objetivas terão que passar por testes de habilidades específicas, que deverão ser realizadas no dia 3 de dezembro.

A previsão do resultado final é dia 7 de dezembro.

Para realizar as inscrições, acessar o edital e mais informações, os interessados devem consultar o seguinte link: www.vestibular.UEL.br.

O valor da taxa de inscrição é R$ 75,00, mas há isenção por critérios socioeconômicos e para doadores de sangue.

Vestibular UEL – Inscrições Encerradas

No dia 18 de Junho às 20 h, foram encerradas as inscrições para Vestibular UEL 2019 do segundo semestre. A taxa de inscrição de R$90 poderia ser paga até a mesma data.

A UEL é um reconhecido centro de estudos do estado catarinense e oferece diversos cursos tais como Administração, Arquitetura e Urbanismo, Fisioterapia, Pedagogia, entre outros.

Neste processo seletivo, esta instituição oferece 1345 vagas distribuídas nos 6 campus da UEL em Santa Catarina. O preenchimento das vagas respeita o Programa de Ações Afirmativas que busca destinar 30% das vagas da Universidade entre estudantes que sempre tenham estudado – fundamental e médio – em escola pública (20%) e candidatos afrodescendentes (10%).

É de total responsabilidade do estudante, logo após efetuar sua inscrição, controlar as datas estipuladas pela UEL para efetuar outros procedimentos como a Confirmação de Inscrição/ Local de prova, prevista para o período entre 29 de Junho e 02 de Julho do corrente ano. O controle feito nessa etapa do processo permite ao estudante, caso constate erros, solicitar a Retificação de Dados da Inscrição.

As provas serão realizadas em duas etapas no mesmo dia. No período da manhã o aluno deverá responder as provas objetivas de Matemática, Biologia, Língua Estrangeira e Português. À tarde, os vestibulandos farão a redação e responderão as provas objetivas de Física, Química, História e Geografia.

Veja Como se Inscrever para Ganhar Bolsas de Estudos

O ENEM é uma prova realizada para realizar análise da pesquisa de entendimento dos estudantes de escolas públicas e particulares de todo o Brasil, é uma das provas que serve para alcançar o candidato a mudar em uma das muitas intuições de universidades públicas e particulares.

Esse ajuste na aceitação dos estudantes nas universidades se acontece em justificativa do adiantamento da nota obtida pelo candidato no Exame Nacional do Treino Médio pelas instituições por meio de dos programas estudantis criados pelo Governo Federal.

Nesse texto iremos te aconselhar e mostrar todos os procedimentos para concorrer a alforje de pesquisas por meio de das inscrições Prouni 2019. Confira agora!

Resultado de imagem para prouni

Inscrição PROUNI 2019

O Prouni 2019 é um dos programas estudantis do Ministério da Educação, originado no ano de 2014 com o propósito de adicionar os jovens estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio por meio de bolsas de pesquisa integrais e parciais (50%) em instituições privadas de pedagogia superior.

Por meio de do Programa Faculdade para Todos (Prouni), foi aceitado o acesso ao treino superior à milhares de jovens brasileiros com sonho de corporificar uma classe e garantir um amanhã profissional, por isto vemos que a cada ano o algarismo de integrantes vem aumentando cada vez mais.

No início do programa nem sequer todas as instituições aderiram, porém com o mudar do tempo aproximadamente todas as faculdade do país já participam do Prouni 2019, essas instituições integrantes do programa recebem altivez de tributos e você conseguirá aconselhar-se quais são elas no site do Prouni.

As inscrições Prouni 2019 estão chegando e você que deseja concorrer a um alforje para sua classe precisa estar a par de dos bases exigidas pelo programa

O processamento inflexível Prouni ocorre duas vezes por ano, sendo uma no primeiro período que frequentemente ficam abertas de janeiro a fevereiro e outra no de acordo com período que acontece no mês de junho.

Este processamento inflexível acontece por meio de de uma única etapa de adesão. A adesão é ensejo gratuitamente, pela internet por meio de da página do Prouni. Você que deseja associar do processamento de compilação Prouni. Confira no próximo argumento como corporificar a sua adesão Prouni 2019.

No Prouni 2019 serão realizadas duas chamadas, no qual você conseguirá conquistar o resultado por meio de da passagem do Prouni e nas instituições de treino integrantes do programa.

É fundamental a orientação dessas chamadas uma vez que se mudar o tempo outro candidato ocupará sua vaga. Os estudantes pré-selecionados nos ciclos regulares precisam aparecer as instituições de treino para comprovarem as informações prestadas na hora das inscrições Prouni.

Dúvidas mais frequentes sobre o Fies

financiamento estudantil

Existe um grande programa do Governo Federal chamado de Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies), o qual oferece para milhares de estudantes de todo o Brasil a oportunidade de estudar com uma bolsa de estudo paga pelo Governo, fazendo com que o sonho de cursar o ensino superior seja realizado por milhares de pessoas que não teriam essa oportunidade.

Por conta disso, existe uma tendência natural das pessoas com menor condição social, procurarem o programa, para terem uma chance de terem uma vida melhor, com a formação do curso superior. Nesse caso, existem algumas dúvidas sobre o programa, que as pessoas costumam ter antes de se inscreverem e que serão explicadas, para quem deseja entender mais sobre esse tema.

O que é o Fies

O Fies é um programa federal, criado ainda na época do presidente Lula, o qual fornece por meio do Ministério da Educação, Bolsa para o ensino superior, para alunos de baixa renda que demostrarem um bom conhecimento, obtendo boas notas no Enem.

Esse programa tem auxiliado a milhares de pessoas, as quais, não teriam condições financeiras de cursar uma faculdade, fazendo com que elas tenham a oportunidade de obter uma formação educacional mais completa.

Quem pode se candidatar para o Fies

Para controlar o número de candidaturas nesse programa, o Governo Federal instituiu as novas regras do FIES que deverão ser cumpridas. Assim, somente pode concorrer a uma bolsa os candidatos que:

  • Façam parte de uma família com renda bruta mensal de no máximo três salários mínimos.
  • Tenham feito todo o ensino médio em uma escol a pública
  • Ter participado do Enem e obtido uma média maior do que 450 pontos e não ter zerado na redação.
  • Demostrar interesse pelo programa e enviar toda a documentação solicitada até a data limite.

Como se inscrever no Fies

Para quem deseja concorrer a uma das mais de 100 mil bolsas que o Governo Federal está disponibilizando no Fies 2018, é necessário cumprir os seguintes passos. Primeiro, se deverá acessar o site http://sisfiesportal.mec.gov.br/?pagina=faq, depois preencher todas as informações solicitadas, como por exemplo, o seu endereço, o nome completo, a escola que estudou e a renda familiar.

Um terceiro passo é enviar a documentação da sua família para o Governo, comprovando a renda informada e tendo assim acesso a esse benefício.

Por fim, caso seja selecionado, deverá confirmar a sua inscrição no Fies e pedir um financiamento, junto ao banco conveniado ao programa.

Como é o processo de seleção do Fies

Para selecionar os alunos que farão parte dessa bolsa, o Governo leva em consideração alguns critérios, como por exemplo, a nota que o estudante obteve no Enem e também a condição social de cada candidato.

Assim, quanto menor for à renda de alguém, mais chance de ser selecionado para o Fies essa pessoa terá, conseguindo assim a chance de ter esse financiamento na faculdade e concluir um curso do ensino superior, um sonho para milhões de brasileiros.

Como estudar para o ENEM

Uma das provas mais importantes exames do universo de vestibular é o Exame Nacional do Ensino Médio, mais conhecido como Enem. Nessa prova, é testado além do conhecimento dos candidatos, também a resistência física, já que esse exame é bastante demorado e exige um grande esforço físico dos alunos que a realizam.

Por isso, um estudo visando o Enem não deve ser pensando apenas no aspecto do conteúdo, que é importante, mas também na capacidade de manter a concentração e o foco por longos períodos de tempo, de até cinco horas.

Dessa forma, esse treino para o Enem deve ser realizado de maneira bastante específica para esse exame, fazendo com que você consiga ler longas questões por diversas horas seguidas, fazendo com que você esteja preparado para realizar uma boa prova.

Fazer uma redação por semana

Uma primeira forma de estudar para o Enem 2019 é realizando uma redação por semana, já que dessa forma, você se prepara para quando for realizar essa parte da prova. Para esses treinos, é importante não apenas fazer essas redações, como cronometrar o tempo que você leva para realiza-las.

Pois, no dia da prova do Enem, cada minuto que você economiza na confecção da redação, você ganha para realizar o resto das questões, tirando uma melhor nota na prova e também garantindo assim uma maior chance de garantir uma vaga em uma faculdade pública.

Separar os dias de estudo por aéreas específicas

Uma segunda dica de estudo para o Enem 2019 é separar os dias de estudo por aéreas, já que dessa forma você garante um melhor rendimento ao estudar. Por isso, na segunda, por exemplo, estude matemática e física, na terça, somente português, já incluindo nesse tempo a prática de redação.

Na quarta, biologia e mais um tempo que pode ser separado para o inglês, na quinta, história e geografia e na sexta, pode escolher as matérias que você tem mais dificuldade para garantir um tempo extra de estudo. Dessa forma, você se prepara melhor para o Enem e tem a chance de garantir uma boa nota nessa prova, ficando assim mais perto da sua sonhada vaga em uma faculdade pública.

Ler bastante notícias

Umas das partes mais importantes do Enem, além da questão das perguntas das matérias tradicionais, é a questão de atualidade, por ser bastante interdisciplinar, o Enem exige que o candidato tenha conhecimento daquilo que está se passando em todo o mundo.

Por conta disso, a leitura do jornal todos os dias é de fundamental importância para o aluno garantir uma melhor performance na redação do ENEM 2019. Já que além de garantir uma melhora na redação, por ter um vocabulário mais amplo, você ainda garante um conhecimento maior ao longo das questões.

Uma boa dica também é ler notícias internacionais, isso vai te ajudar a responder questões de geografia e também de história, tendo assim uma maior nota nessa parte da prova e uma chance maior de conseguir uma vaga na faculdade.